O melhor presente

Feliz Natal

Qualquer texto de Natal, principalmente religioso, se apegaria à história de Jesus, ao seu nascimento, à importância da família, ou qualquer outro tema comum nessas datas.

abracomudadia

A importância do Natal está, contudo, independente da religião, no poder que o evento tem de reunir as pessoas. Para alguns, é a única data em que conseguem se encontrar, conversar, saber da vida do outro, estar junto frente a frente, abraçar pessoalmente o familiar ou o amigo. Tudo isso que as pessoas deveriam fazer normalmente e que a rotina implacável não deixa.

Entretanto, o capitalismo – expresso através da publicidade incessante na tv, nas redes sociais, nos outdoors – fez de nós (eu me incluo aqui) reféns de um Natal que é sinônimo de correria, de cansaço, de desperdício de comida, de vaidade e de consumismo exacerbado, de comprar o que não se precisa, da obrigatoriedade de dar presentes.

BanksyNatal

Refletindo bem, às vezes, uma ligação num momento difícil que um amigo esteja passando é muito mais significativa do que um presente que pensamos em dar para ele apenas porque iremos encontrá-lo.

Nestes tempos de individualismo à flor da pele, talvez o que mais as pessoas precisem, parafraseando um banco famoso, símbolo do capitalismo aqui criticado, é PRESENÇA.

A família, os amigos, as pessoas em geral precisam da nossa presença, do nosso abraço, do nosso tempo, da nossa genuína atenção.

Quero aqui terminar desejando um feliz natal e um ano novo repleto de paz e saúde para todos os amigos do Questão. Sintam-se abraçados e especialmente presenteados (apenas) com a nossa gratidão. Obrigado pela companhia e, principalmente, por nos doar seu precioso tempo lendo nossos textos e opinando. Esse sim, o maior presente que podemos receber de vocês.

Abraços,

 IMG_20141004_154504[1]

Comente pelo Facebook

Comentários

José Guimarães Gomes Júnior

About José Guimarães Gomes Júnior

Quando criei o Questão de Interessância, pensei numa forma de dividir e divulgar ideias, além de oferecer e compartilhar espaço com quem não tem. Gosto de escrever durante a noite na companhia da insônia que frequentemente me visita. Escrevo também nas viagens para o trabalho, já que o trânsito caótico e o transporte público de má qualidade do Rio de Janeiro me proporcionam tempo para isso.

One thought on “O melhor presente

  1. José Guimarães Gomes
    28 de dezembro de 2014 at 10:43

    A midia escraviza o ser humano com propagandas maravilhosas ao visual. A ilusão, a fantasia de que o presente é a melhor maneira de você dizer ao seu melhor amigo que você se fez presente, mesmo que seja só no natal. A labuta, a vida no cotidiano leva as pessoas a intepretar de forma errada o ser natalino que ao pé da palavra é o melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *